Advertising agency team in creative meeting, focus on glasses in foreground

4 motivos para lançar seu produto em vários idiomas

Produtos e serviços consumidos online em apenas um clique, early adopters sedentos por novidades e a chegada de uma nova geração de consumidores — a chamada geração Z —, que já nasceu conectada e tendo o mundo como uma grande quintal virtual de sua casa, exigem dos empresários e das startups uma nova concepção de negócios ao implementarem ações de marketing, como lançar produto em vários idiomas.

Seja um website, um sistema vendido em caixa ou um aplicativo, considerar a internacionalização pode ser essencial para a sobrevivência do produto e, por consequência, da própria empresa. Não apenas para as telas, áudios e outros elementos do produto, mas também para os manuais que o acompanham ou que ficam disponíveis online.

Uma área de FAQ — perguntas mais frequentes referentes ao produto — que considere uma abordagem multi-idiomas também poderá reduzir em muito a demanda de atendimento por e-mail, telefone e chat, se for o caso de determinado produto, reduzindo o custo da operação pós-venda.

Neste artigo, vamos listar 4 motivos para lançar um produto em vários idiomas, visando a ampliação de mercado ou mesmo para manter um bom posicionamento em um mercado local. Acompanhe!

1. Possibilidade de crescimento em escala global

A previsão dos desafios da globalização ainda nos anos 1990 não conseguiu dar a ideia exata do que seria a nova realidade apresentada pela velocidade da atualização tecnológica que vivemos hoje, mais de 20 anos depois. A “aldeia global” tornou-se digital, impondo agilidade nos relacionamentos e nas transações comerciais.

Se você está iniciando a concepção do seu produto, já comece pensando como atuar globalmente. Esse é um conselho dado por pessoas que já estão no mercado e que precisaram refazer quase todo o produto para poder adentrar a mercados diferentes ao redor do mundo, seja por necessidade financeira ou por uma solicitação de demanda não planejada.

Há hoje, por exemplo, uma tendência muito forte de fornecedores do exterior entrando no Brasil justamente fazendo tradução de seus produtos para o português. Eles fazem questão de deixar tudo em linguagem nativa, pois sabem que assim conseguem quebrar uma barreira importante para entrar no mercado nacional. E fazem dessa forma em todos os mercados em que entram.

Você sabia, por exemplo, que a Zendesk é da Dinamarca? Ou que o Wix é de Israel? Ou que a Spotify é sueca? São muitos os exemplos de empresas que já atuam por aqui, oferecendo aplicativos ou serviços no modelo SaaS — Software as a Service — já no nosso idioma.

2. Acesso a fontes de financiamento

A tradução permite aproveitar a tendência mundial de consumo de serviços baseados no autoatendimento, em que o cliente simplesmente entra em um site ou aplicativo e faz seu pedido, já iniciando o consumo, sem a necessidade de ele falar com atendentes ou vendedores.

O venture capital — ou capital de risco — é dinheiro disponível no mercado nas mãos de investidores que procuram empresas com produtos inovadores já desenvolvidos, geralmente no formato SaaS, para financiar sua projeção no mercado.

Esses produtos precisam ter um mercado-alvo global para que possam atrair esses investidores, já que, dessa forma, o risco é minimizado. A preparação do produto para ter versões em vários idiomas conta muito no momento de apresentar o pitch de determinado negócio a possíveis investidores.

3. Demonstração da sua qualificação

Qual colaborador você contrataria para sua empresa, um que fale só português ou um que fale vários idiomas? Sendo equivalentes os outros aspectos considerados em um processo seletivo, a segunda opção, com certeza, seria a melhor, não é? Em relação a um produto, isso também pode ser bem relevante.

Entrar em um site e ver que foi feito com suporte a vários idiomas trará mais confiança ao possível cliente, já que mostra a qualificação do pessoal para desenvolver o produto para o mundo e também para atendimento e suporte.

4. Proteção contra variações na economia local

Um ponto muito importante ao se considerar um produto em vários idiomas é poder se defender de crises no mercado interno brasileiro, como tem acontecido recentemente, devido à grande retração na economia.

Todas as empresas que apostaram em exportações conseguiram se manter sem problemas de faturamento e, ao contrário disso, conseguiram um bom crescimento nos lucros, já que o dólar disparou nesse período.

Cuidados no planejamento de um produto em vários idiomas

Especificamente para apps, esse cuidado é essencial, já que os aplicativos são feitos para ter um potencial de mercado bem amplo, levando em consideração um ponto essencial para as startups, que é a escalabilidade.

No caso de sites que têm atualizações constantes, será necessário fazer um planejamento operacional e financeiro, considerando quem vai traduzir cada conteúdo que for publicado e qual a ferramenta para a publicação. Hoje em dia, existem muitas empresas que prestam o serviço de tradução a custos acessíveis, bem como ferramentas de publicação que já contemplam a possibilidade de publicação em mais de um idioma.

É muito comum nos depararmos com sites de grandes empresas que têm parte do conteúdo em um idioma e parte em outro, justamente por causa dessa alta demanda de tradução no dia a dia, fazendo com que a equipe não consiga dar conta de deixar as versões equivalentes.

Para websites, especificamente, deve haver um planejamento em relação à estrutura dos links. A estrutura mais comum é a que utiliza um domínio “.com”, acrescentando-se um identificador no final dela para cada país, como o “/br” para o Brasil. Colocar um subdomínio também é algo bastante utilizado, como em “br.meusite.com” e “us.meusite.com”.

É necessário também ter atenção ao design da interface do site ou aplicativo, já que muitas vezes os caracteres de alguns idiomas são diferentes e até o sentido de escrita e leitura são invertidos em relação ao nosso, podendo exigir ajustes para essas versões.

Gostou de nossas dicas sobre por que lançar produto em vários idiomas? Está pensando em começar a fazer isso ainda hoje? Então que tal conferir também nosso outro post em que reunimos algumas outras dicas de como crescer de forma acelerada e atingir novos mercados?

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on print
Share on email